SOBRENATURAL ::. OS FANTASMAS DOS NOSSOS SONHOS

OCULTISMOBLOG  SOFÄ DA SALA | BLOG BRAZIL WEIRD NEWS

 


       

 

 


 

 

sobrenatural

05/07/2007
FANTASMAS DOS NOSSOS SONHOS

tradução & adaptação: Lygia Cabus

LINKS RELACIONADOS
BUTHAS: PRISIONEIROS DO PASSADO
BARDO THÖDOL: ESTUDO DO LIVRO DOS MORTOS TIBETANO

AS CINCO RAÇAS DOS ESPÍRITOS DE DEUS

 

       

 

 

Girl on The Gravestone - Essa fotografia apareceu no Chicago Sun-Times e no National Examiner. Foi obtida durante uma investigação no Bachelor's Grove Cemetery, em 10 de agosto de 1991 por Jude Huff-Felz, membro da Ghost Resesearch Society. A imagem é uma ampliação em preto-e-branco do original feito em infravermelho. A foto mostra uma jovem sentada em uma tumba de pedra. Seu corpo aparenta algo de semi-transparente e sua roupa pertence a uma época passada.

 

 

Os fantasmas são identificados com "os Espíritos". Nossos espíritos são, geralmente, entendidos como a parte não física de nós mesmos. Podemos ver o mundo físico com o olhos, instrumentos do nosso físico sentido da visão, [que é limitado, de onde podemos deduzir, não vemos tudo o que realmente existe].

O senso comum compreende que "pessoas mortas" são fantasmas e todos sabemos que muitas pessoas morreram ao longo da misteriosa história humana. Provavelmente, existem mais fantasmas que pessoas vivas.

 

Os fantasmas estão à nossa volta. [Muitos esotéricos afirmam que] ...os fantasmas interagem com os vivos em nível emocional. eles procuram nos influenciar, agem sobre nós e esperam nossas reações.

Os "bons fantasmas" são considerados aliados dos homens ou "espíritos guias". Eles nos encorajam, nos inspiram, muitas vezes [supostamente] nos protegem dos perigos ao longo do caminho da vida. Mas existem também os "maus fantasmas", inimigos da Humanidade que tentam interferir de modo negativo.

 

Os fantasmas "do mau" costumam estar presentes durantes as discussões violentas, nas brigas, nas atividades criminosas, nos momentos de infelicidade pessoal e estados depressivos da mente; também são afeitos [atraídos] às situações de [uso e principalmente] abuso de drogas e por todos os eventos ruins que podem ser agravados por uma forte presença pessimista.



Fantasmas: Sono e Vigília

Freqüentemente [ainda segundo estudiosos], os fantasmas aparecem - para os vivos - durante os sonhos. É natural no Homem o desejo de se comunicar com aqueles a quem amava, familiares, amigos que já se foram. O sono, transforma-se, assim, em uma oportunidade de encontrar os que já não estão neste mundo.

 

Em estado de vigília, as aparições podem acontecer em circunstâncias especiais: os crimes, a tristeza, a violência, como foi mencionado acima, podem criar uma atmosfera propícia para a manifestação física dos espíritos desencarnados.
 


Todas as pessoas geram e irradiam energia emocional que se espraia no ambiente, podendo configurar uma atmosfera propícia, atraente para os fantasmas. [Os ocultistas informam que as emanações de substâncias como a carne fresca e o sangue, além do "fluido vital" de um medium, podem ajudar à manifestação "física" dos fantasmas, fornecendo matéria "sutil" para a constituição, ainda que efêmera de um envoltório perceptível aos vivos suficientemente sensíveis.].

Os fantasmas negativos alimentam-se de medo, tristeza-mágoa, angústia e raiva. Este tipo de Espírito preocupa os estudiosos da metafísica que aconselham: "Jamais fique com medo de um fantasma, jamais se deixe entrar em pânico. Estes são sentimentos que fortalecem o inimigo e abrem as portas para o ataque".

Os bons fantasmas, embora possam atuar como "espíritos guias" e, eventualmente, aproximarem-se dos vivos, em geral, não habitam este mundo, não rondam as casas ou as pessoas. Os bons Espíritos têm coisa melhor para fazer. Ainda que se comuniquem com os Homens para ajudá-los de diferentes maneiras, nunca são agressivos nem obcecados por determinados lugares ou coisas. Os bons espíritos respeitam o espaço dos vivos.



Demônios

Outro tipo de ser fantasmagórico é comumente identificado como demônio ou "espírito do mau". Também atacam indivíduos, famílias, negócios. São muito mais poderosos que meros homens desencarnados e "aderem" aos seres humanos através de vínculos emocionais [novamente, astrais].

 

São muito inteligentes. São aqueles que podem jamais terem sido pessoas, habitantes da Terra. [O budismo esotérico fala destas entidades que pertencem a "mundos inferiores", demônios caracterizados pelo ódio e violência de caráter, os Raksashas; e outros, sempre ansiosos, tristes, infelizes, dotados de uma fome insaciável de prazeres que jamais conheceram, os Pretas.]



Lugares Assombrados

Os lugares assombrados ou habitados por fantasmas são aqueles que reúnem uma forte carga de emoções negativas acumulada durante gerações de vidas atormentadas.

 

Na Europa existem muitos castelos cujas paredes testemunharam as mais sofridas experiências humanas, como a morte por tortura, por exemplo, os assassinatos por ganância e luxúria, os abusos da lascívia etc..

 

São lugares especialmente atraentes para as almas penadas buscam substância astral para alimentar seus corpos etéreos e sempre sujeitos à chamada "segunda morte" - "morrer para o mundo", por dissolução final da entidade astral desencarnada.



Olhos da Mente

 



Os fantasmas podem ser percebidos. Além de serem vistos também podem ser ouvidos porém o meio mais comum de contatá-los é telepaticamente, através da mente, do pensamento. Sentir um fantasma é como sentir que está em dois lugares ao mesmo tempo.

 

Os fantasmas são vistos com os "olhos da mente"; são ouvidos, com os ouvidos da mente; fantasmas não têm cordas vocais. Não têm atributos físicos terrenos e, por isso, somente podem se comunicar através de uma vibração mental-emocional. As alucinações e os devaneios da imaginação podem ser provocados por uma influência fantasmagórica.



Inimigo Invisível: o Exorcismo

Os maus fantasmas têm, realmente, péssimas intenções: atacam indivíduos, famílias, negócios, comunidades inteiras. Também disputam territórios e "vítimas" entre si. Há dois tipos de fantasmas malignos: aqueles que foram humanos e aqueles que não o foram e não têm nenhuma consideração pelas coisas da Humanidade.

 

Alguns podem ser extremamente poderosos. Eles empregaram tempo e esforços aprendendo como manipular outros seres no plano emocional [também chamado Astral]. Quando a atmosfera é propícia, são capazes de afetar a realidade física.

O melhor recurso ou técnica de combater os espíritos "do mau" é proceder ao Exorcismo, o que requer, muitas vezes, a ação de um "profissional" para "limpar" o astral. Isto porque estes espíritos danosos podem se tornar agressivos e realmente perigosos. Quase sempre, estes são os fantasmas de desencarnados terrenos, mortos.

Aqueles que, em vida, dedicou-se à pratica de maus feitos, naturalmente, depois da morte física, tendem a continuar com a mesma índole malévola. Pessoas não mudam de uma hora para outra e os fantasmas, continuam a ser pessoas, entidades espirituais de essência humana. Muitos engajam-se, deliberadamente, em ambientes criminosos.

 

A interferência do "mal que vem do além" é um fato significativo da vida totalmente ignorado pelas massas em seu cotidiano. Estes fantasmas estão agindo todos os dias, em todo o mundo, em todas as cidades, nas vilas, dentro das casas de família.

 

* Esse artigo é baseado em entrevista com Jeffrey Seelman, especialista em Exorcismo, Energia Espiritual e Investigações Paranormais. JEFFREY SEELMAN WEBSITE — STARCLEAR

 

       

 

FONTE
People communicate with ghosts during sleep
In PRAVDA ENGLISH
publicado em 03/07/2006

LINKS RELACIONADOS

BUTHAS: PRISIONEIROS DO PASSADO
BARDO THÖDOL: ESTUDO DO LIVRO DOS MORTOS TIBETANO

AS CINCO RAÇAS DOS ESPÍRITOS DE DEUS

 

 

 

 

 

 

 

 



 





 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 



 


 

 

 





 




 

       


edições: Sofä da Sala
2007 | novembro, 2012
ligiacabus@uol.com.br